Saiba como escolher o perfil ideal de influenciador para sua empresa

O perfil do micro influenciador deve ser pensado com o objetivo de dialogar diretamente com o público específico da marca. Por isso, essa escolha deve ser bem planejada e criteriosa.

O processo de seleção de um micro influenciador é a peça-chave da estratégia de marketing de influência para alavancar a sua marca. Para que a execução dessa estratégia possa ser totalmente eficaz, é necessário conhecer qual perfil de influenciador a marca deseja escolher para divulgar seus produtos nas redes sociais.

Uma das vantagens de trabalhar com os micro influenciadores é a autenticidade do relato que eles fazem sobre a marca, o que favorece a confiança do público que recebe a informação. Afinal, quem define quem são as pessoas importantes é o seu cliente e o influenciador ideal para a sua empresa é aquele que exerce maior influência sobre a decisão de compra dele. Por isso, o micro influenciador é um ótimo investimento para a sua empresa.

Selecionamos 4 dicas que podem ser o pontapé inicial para que a marca não se perca ao selecionar seu micro influenciador. São elas:

1. Tenha uma estratégia de marketing traçada e bem planejada.

Não adianta deixar tudo na mão do micro influenciador digital. A marca precisa ter um roteiro traçado por inteiro, em todos os aspectos. Quanto maior o planejamento, maior a chance de sucesso. Não é a toa que existem plataformas digitais, como o Louder, que são especialistas em realizar exatamente essa etapa, planejando o modo mais assertivo do influenciador divulgar a sua marca.

2. Saiba se o influenciador tem relevância no seu segmento.

Os micro influenciadores têm uma quantidade menor de seguidores, mas de nichos específicos. Isso quer dizer que geralmente o público vai ter um perfil bem categorizado: região geográfica, interesses, classe social e outros aspectos em comum.

Portanto, o foco é o público específico e a sua empresa precisa de influenciadores que dialoguem muito bem com esses clientes que desejam alcançar.

3. Pesquise e conheça o micro influenciador.

Pesquise muito sobre os perfis a serem escolhidos para divulgar a sua marca. Um perfil com má reputação também pode prejudicar a imagem da empresa. O ideal é acompanhar a linguagem e os meios de comunicação que são utilizados pelo perfil. Além de evitar surpresas desagradáveis, isso tudo pode dar novas ideias e novas possibilidades para a estratégia.

4. Analise se o influenciador tem engajamento.

Ser popular não necessariamente significa atrair engajamento. Ao escolher o seu influenciador digital, é importante medir se as publicações dele conseguem trazer a atenção do público e impactar uma audiência de forma verdadeira. Outro ponto a ser considerado, é avaliar as interações nas fotos e postagens do micro influenciador, isso inclui tanto as curtidas quanto os comentários. E também analisar qual o tipo de publicação que gera mais engajamento.

O que um micro influenciador não pode ter

Se o influenciador costuma postar sobre temas muito polêmicos, com opiniões extremistas, não é um bom sinal para a marca. O ideal é procurar micro influenciadores que façam postagens mais leves e que dominem o assunto que falam. Observe ainda se o micro influenciador tem muitos comentários negativos e a forma como ele lida com isso. Veja se ele dialoga com seus seguidores e se procura fugir de brigas online.

Também é importante evitar fazer ações de marketing com o influenciador que já fez alguma divulgação para uma marca concorrente, pouco tempo atrás. Além de passar a impressão de que a ação pode ter sido paga, corre-se o risco de não parecer natural e espontâneo para os seguidores. Nesses casos, o ideal é buscar alternativas como, por exemplo, optar por um número maior de micro influenciadores que, juntos, somem a audiência esperada.

Relacionamento entre influenciador e marca

É fundamental para uma boa campanha de marketing compreender que o relacionamento com influenciadores é um relacionamento mesmo e não publicidade. Esse é um trabalho que deve fazer parte da sua estratégia de branding e cujos resultados são colhidos em médio e longo prazo.

Para utilizar esse tipo de estratégia também é importante que haja organização. Os influenciadores devem ser espontâneos e atrair o público para determinado produto de forma natural, sem aquela cara de “publicidade arranjada”. A ideia principal é que na verdade, os micro influenciadores já utilizem a marca mesmo antes da empresa contatar sua conta ou canal. Desse modo, o público nem vai estranhar quando assistir o influenciador comentando sobre algum serviço ou produto.

O trabalho de encontrar o influenciador certo para a sua marca é, atualmente, uma das maiores dificuldades que as empresas enfrentam. No entanto, é exatamente o que o Louder faz: seleciona uma base certeira de influenciadores para a marca e a partir daí traça um plano de divulgação eficaz e monitoramento de cada postagem. A relação entre micro influenciador e empresa fica muito mais pessoal e humanizada.

Acesse www.mylouder.com e fique por dentro das novidades sobre esse tema.