É possível usar o marketing de influência na gastronomia e nos restaurantes?

Saiba como essa estratégia de marketing pode colaborar para o crescimento da sua marca e serviço.

O marketing de influência é uma estratégia que combina com gastronomia. Duvida? Nesse texto vamos mostrar porque restaurantes e marcas relacionadas a comidas e bebidas estão utilizando os influenciadores para atrair ainda mais consumidores.

A pesquisa The 2019 Topics & Trends Report from Facebook IQ realizada pelo Facebook no final do ano passado, aponta os assuntos que serão tendências em 2019 e claro, que o tema gastronomia aparece sempre em crescimento.

O estudo revelou que é cada vez maior o número de pessoas que compartilham seus hábitos culinários por meio das redes sociais e que fotos de suas refeições são postadas a todo o momento.

Comer é uma forma de entretenimento e as pessoas esperam eternizar o momento a cada mordida.

Lucie Greene, diretora global de inovação do grupo J. Walter Thompson Intelligence, explica nessa pesquisa que “para uma geração de gourmets em busca de comidas exóticas e regionais, estamos vendo pratos inovadores serem reinventados, substituindo os ingredientes com alternativas à base de vegetais ou um toque saudável”.

Ela reforça que esse movimento surge quando as pessoas adotam duas tendências principais: bem-estar e goumertização.

Ou seja, o público está determinado a participar de tudo o que envolve o universo da gastronomia, seja uma dica de restaurante novo ou ainda provar uma comida de um país diferente.

Ainda falando sobre as tendências de 2019, os millennials, jovens da geração Y, estão cozinhando mais em suas casas. Por isso, as vendas de equipamentos de cozinha internacional subiram consideravelmente durante os últimos 12 meses.

Ou seja, a gastronomia continua em alta e gerando um resultado expressivo em vendas. Assim, sua marca ou estabelecimento não pode perder esses consumidores dispostos a viver experiências gastronômicas, não é mesmo?

Marketing de influência combina com gastronomia?

Combina bastante. Os influenciadores digitais, principalmente os micro e nano influenciadores, são autênticos e espontâneos. Por isso, tudo o que eles falam sobre os seus produtos são baseados em experiências próprias.

Se você tem uma empresa que produz molhos e temperos para comidas, por exemplo, é possível encontrar um chef de cozinha que publica vídeos ou fotos no Instagram utilizando esses produtos em suas receitas.

Dessa forma, ele passa a atrair seus seguidores para a marca e compartilhar suas dicas. E é assim que o cliente também pode se tornar um influenciador: por meio da relação autêntica com os produtos.

A pesquisa Consumer Content Report: Influence in the Digital Age, realizada pela Stackla, em 2017, analisou o conteúdo que está sendo criado e compartilhado na internet e o que influencia mais a tomada de decisão dos consumidores na hora de comprar um produto nos Estados Unidos, Austrália e Reino Unido.

O estudo comprovou que para 86% dos entrevistados a autenticidade é importante para decidir quais marcas eles gostam e apoiam. O relatório ainda confirmou que 30% dos jovens deixaram de seguir uma marca nas redes sociais porque notaram que o seu conteúdo não era autêntico.

Já percebeu que a relação espontânea entre o influenciador e seus seguidores conta muito para atrair novos consumidores para a sua marca, certo?

Como posso conectar influenciadores para o meu restaurante ou marca?
Separamos 3 dicas que podem ajudar a sua empresa a se conectar com influenciadores e trazer um resultado mais eficaz para o seu negócio.
1. Estimule seus clientes

Somente clientes satisfeitos podem se tornar defensores do seu produto ou serviço e ajudar a divulgar sua marca nas redes sociais.

Pesquise e procure clientes que já frequentam o seu restaurante ou que já usam o seu produto.

Perceba se eles gostam do seu tempero, se já publicaram imagens quando estão no seu restaurante ou se consomem os produtos relacionados à sua marca. Se sim, esse cliente não pode passar despercebido.

São esses fiéis consumidores que podem se tornar seus influenciadores e levar a sua empresa a encontrar um novo público.

Ofereça para seus melhores clientes brindes e descontos. Isso também pode ser feito com chefs renomados ou macro influenciadores.

Caso você tenha um restaurante, invista em eventos gastronômicos. Assim, esses influenciadores em potencial irão participar das atividades e postar tudo em suas redes sociais.

Consumidores satisfeitos influenciam as outras pessoas a irem ao seu estabelecimento para jantar ou a ainda para utilizar a sua marca de azeites. Perceba que esses seguidores podem ser convertidos em clientes e se fidelizar a marca.

2. O influenciador deve vivenciar experiências memoráveis

Imagine que você tenha um restaurante. A experiência do consumidor é baseada no que ele vai sentir ao almoçar ou jantar lá. Por isso, faça o cliente, assim como o influenciador, saborear a gastronomia.

Crie um ambiente agradável com uma música leve. Se preocupe com as toalhas da mesa e a decoração. Tudo deve ser bem pensado dentro do estilo do seu restaurante. E claro, preze sempre por um atendimento atencioso e educado.

Tudo isso faz com que a experiência do influenciador seja única. Ele vai falar bem do seu estabelecimento porque gostou de verdade. E vai fazer questão de detalhar os pratos que experimentou e o serviço.

Caso a sua marca trabalhe com produtos da indústria de alimentos, faça parte das feiras gastronômicas. Convide os influenciadores para participar do evento e se forem chefs de cozinha, pode também oferecer alguns kits exclusivos. Essas experiências agradam e rendem muitas publicações nas redes sociais.

Muitos profissionais de outras áreas largaram suas profissões para investir em gastronomia. A partir daí, criaram canais no YouTube para ensinar receitas ou fizeram um perfil no Instagram para dar dicas de pratos saborosos.

E agradam o público porque são práticos ou inovadores. Por isso, podem se tornar o seu influenciador ideal já que possuem um grande alcance nas redes.

3. Faça campanhas personalizadas para os seus clientes

Como explicamos anteriormente, se o cliente tem uma boa relação com seu restaurante ou marca, ele pode influenciar seus seguidores de forma favorável, indicando outras pessoas para conhecer melhor o seu serviço.

Vale também se aprofundar nos gostos e preferências dos seus consumidores fiéis. Em um restaurante, oferecer descontos nos pratos preferidos de cada cliente, de forma personalizada, pode ser um diferencial.

Desenvolva um programa de fidelidade mais segmentado e realize campanhas mais individualizadas.

Podem ser brindes específicos para cada um dos influenciadores, por exemplo. Promova desafios e brincadeiras entre eles também, assim os seguidores também participam e engajam com a marca.

O restaurante This Is Not a Sushi Bar, especializado em comida japonesa, teve sucesso em sua estratégia de marketing dessa forma.

Os clientes da loja de Milão podiam garantir o pagamento da sua refeição de acordo com a quantidade de seguidores que possuem no Instagram. Quanto maior o número de seguidores, maior o desconto obtido no prato escolhido.

Para 2019, a tendência é que os conteúdos identifiquem as particularidades de cada consumidor para levar a eles uma experiência completa.

Escolha o influenciador certo para o seu produto

Dessa forma, se a sua empresa investe em gastronomia ou em produtos da indústria de alimentos, está mais do que na hora de trabalhar com os influenciadores. O retorno dessa estratégia não é somente em vendas, mas também em trazer novos clientes de forma eficaz e duradoura.

Escolher o influenciador certo pode ser uma tarefa difícil. Mas existem plataformas digitais que pesquisam e encontram a equipe de profissionais ideal para a campanha da sua marca.

O importante é que seus produtos estejam presentes na vida dos influenciadores. Como explicamos no começo do texto, a autenticidade é a palavra chave do marketing de influência.