5 maneiras de conectar sua startup com influenciadores

Saiba como essa estratégia de marketing pode promover sua startup de maneira criativa e eficaz

Os influenciadores não podem ser ignorados pela sua startup. O texto abaixo vai mostrar porque esses profissionais podem impulsionar o seu negócio e se tornar peça chave de uma estratégia de marketing com resultados positivos. O influenciador digital nada mais é do que uma pessoa que produz conteúdo de qualidade, com alto engajamento ou alcance e o mais importante: tem credibilidade entre os seus seguidores.

É importante destacar que o marketing de influência gera um ROI 11 vezes maior do que as formas tradicionais de marketing digital. A pesquisa The State of Influencer Marketing 2018, da empresa americana Linqia, revela que 86% dos profissionais do mercado investiram em marketing de influência nos últimos anos e que 92% ficaram satisfeitos com o retorno que obtiveram. Por isso, as empresas estão ainda mais dispostas a investir nessa estratégia em 2019.

No entanto, as startups podem ter algumas dúvidas sobre o assunto. Perguntas como “o valor investido em influenciadores é muito alto?” Ou, “por que a minha startup deveria planejar uma estratégia que é feita por grandes marcas?” são mais frequentes do que se imagina. É verdade que as startups possuem um modelo de negócio jovem, inovador e adaptados ao mundo digital. Mais do que isso, são empresas que se arriscam, possuem altas chances de crescimento e trazem novas soluções para problemas antigos.

Mas são justamente esses os motivos que levam as startups a evitar um plano de marketing muito longo, com campanhas a moda antiga. Além, é claro, de não terem muito dinheiro pra investir em projetos muito extensos. E é por isso que o marketing de influência se torna uma boa opção. Um projeto com influenciadores não precisa custar tão caro, como em uma campanha publicitária. É possível começar com pouco e aumentar os investimentos à medida que sua empresa cresce.

A Daniel Wellington, uma startup sueca, obteve muito sucesso ao realizar campanhas com influenciadores. A empresa contou com a colaboração dos influenciadores, que são populares em seu nicho de atuação e ofereceu relógios de graça para eles. Isso promoveu postagens espontâneas e atraiu o olhar do público. Além disso, a startup cedeu cupons de desconto especiais para que os influenciadores compartilhassem com seus seguidores, incentivando a compra do produto.

Como conectar influenciadores para a sua startup?

Listamos 5 dicas para que a sua startup se conecte com influenciadores e consiga ter um retorno efetivo.

1. Estabeleça o seu objetivo

Tenha sempre em mente qual é a finalidade do seu projeto. A startup pode, muitas vezes, querer gerar consciência para a marca ou promover um produto ou evento específico. Ou ainda, pode apenas querer aumentar o público do seu próprio perfil.

Enfim, traçar os objetivos de forma clara é essencial para definir um orçamento e orientar as pesquisas para encontrar influenciadores atuantes.  

2. Encontre o influenciador que seja a cara da startup

Encontrar um influenciador relevante para o nicho de sua startup é fundamental. Eles devem entender dos assuntos específicos relacionados ao serviço ou produto da empresa.

O ideal é escolher o influenciador que já goste e respeite as ideias do seu empreendimento. No caso da startup, que seja dinâmico e inovador para reforçar a imagem do modelo de negócio. Desse modo, a identidade da startup fica ainda mais nítida e confiável para o público.

É importante pesquisar influenciadores pelos assuntos que se relacionam com o seu produto. Buscar pelas principais hashtags nas redes sociais, facilita o encontro de pessoas que falam dos mesmos temas e, claro, que tenham credibilidade entre os seguidores.  

Uma lista de possíveis influenciadores pode ser encontrada até mesmo entre os seus fiéis clientes que devem seguir os especialistas da área. O que vale é: busque pelo influenciador que tenha os mesmos valores que sua empresa.

3. Entenda e analise o seu público

Dialogue sempre com o seu público e procure entender o que eles querem consumir. Ser transparente com seus seguidores é fundamental, afinal, eles também entendem do assunto e podem sugerir novas ideias.

É possível ainda captar influenciadores entre seu próprio público. Muitas pessoas que já conhecem a sua marca podem estar dispostas a promover a sua startup. Para isso, basta fornecer brindes do produto ou descontos.

É importante filtrar os micro influenciadores que sejam “fãs” da sua marca e que tenham pelo menos 1000 seguidores, para que o alcance e engajamento sejam relevantes.

4. Aproveite que os influenciadores são espontâneos

Assim como as startups, que arriscam em seu modelo de negócio e são inovadores, os influenciadores também são originais e criativos. Por isso, tenha um time com personalidades diferentes e deixe que atuem naturalmente.

O ideal é que o profissional tenha liberdade para escrever com a linguagem que prefere e escolher as imagens e vídeos que seus seguidores irão valorizar mais.

Mas é claro, a empresa pode também estabelecer um roteiro prévio, para que não ocorram falhas no percurso.

Escute a opinião dos influenciadores também, porque eles podem ter sugestões sobre os produtos e até mesmo fornecer dicas úteis para próximas campanhas.

5. Promova ofertas para os influenciadores e o público

Os influenciadores podem promover códigos de desconto e ofertas de produtos da empresa. Isso ajudará a startup a alcançar um público mais amplo que poderá se tornar consumidor também.

Ao compartilhar descontos, os influenciadores são capazes de fornecer mais incentivos para seus seguidores e isso pode aumentar o retorno em leads e até em vendas.

Uma pesquisa realizada pelo Sprout Social mostrou que 73% dos consumidores querem ver posts sobre descontos e promoções. E 60% querem ver postagens que mostram novos produtos. Por isso, é interessante investir em publicações que atendam sempre o que o consumidor quer ver.

Com essas dicas será muito mais fácil trazer os influenciadores para a sua startup.

Monitoramento das publicações dos influenciadores

O monitoramento e acompanhamento das métricas são importantes para a manutenção da campanha. Mas analisar as postagens, os textos e retornar com sugestões e críticas para os influenciadores, colaboram ainda mais para que o conteúdo permaneça original e com mais qualidade.

Se a startup tem muitos projetos para executar, é possível contatar plataformas digitais que atuam diretamente com os influenciadores e que estabelecem metas e postagens. Assim, a empresa não se perde em meio ao trabalho dos influenciadores.